"Se Euclides da Cunha fosse vivo teria preferido
o Flamengo a Canudos
para contar a história do povo brasileiro".

Nélson Rodrigues

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

1913 - Cobra Coral, 2º Quadro e Pólo Aquático.


Como no ano anterior - quando o Flamengo perdeu o título por 2 pontos para o campeão Paysandu - o time entra no Campeonato Carioca como favorito. A base da equipe de 1913 contava com: Baena, Píndaro, Nery, Lawrence, Amarante, Galo, Pinho, Gumercindo, Baiano, Miguel e Raul. Apesar de fazer um bom campeonato, e a prova disso foram as vitórias sobre Paysandu, Fluminense e a goleada histórica (mais uma) no Mangueira por 11 x 0. Porém, as derrotas para São Cristóvão e Botafogo tiram as possibilidades de ultrapassar o América, que mesmo perdendo a última partida para o Mengão por 1 x 0, sagrou-se campeão, e o Flamengo mais uma vez sofrendo da "síndrome de Vasco da Gama" fica com o vice-campeonato. O que acabou gerando um outro distúrbio a "síndrome de Botafogo" e os jogadores começam a considerar a camisa Papagaio de Vintém azarada e de mau agouro. Superstições a parte, ainda existia uma grande oposição dos remadores para que o time de futebol utilizasse o uniforme rubro-negro. Ao final do campeonato, foi decidido, que o uniforme seria modificado e no ano seguinte a camisa passaria a ter listras horizontais em preto e vermelho, com uma fina listra branca entre elas. A camisa foi chamada de Cobra Coral, devido a semelhança com a serpente peçonhenta.

Para salvar o ano o time de 2º quadro, o juniores de hoje. Sagra-se bi-campeão da cidade. Provavelmente, a frase imortalizada pelo presidente Marcio Braga na década de setenta, também valia para aquele tempo: "Craque o Flamengo faz em casa". Frase essa que recebeu uma reedição do meu pai, me lembro muito bem na infância escutar o velho dizer: "Craque se faz na Gávea".

Mais um fato histórico para o clube ocorre em 27 de maio de 1913, quando o Flamengo disputa sua primeira partida oficial de Pólo Aquático - segundo esporte praticado pelo clube, em sua história. O Clube de Regatas do Flamengo vence o Clube Internacional de Regatas, por 3 x 2. Partida disputada na praia de Santa Luzia, no Rio de Janeiro, em um campeonato organizado pela Federação Brasileira das Sociedades de Remo.

SRN
Viva o Flamengo!

2 comentários:

  1. que porcaria a escola literal e essanetpois naotem nda de unioforme

    ResponderExcluir
  2. pedro e giannq escreveu isso
    [

    ResponderExcluir